.posts recentes

. De Volta!

. Apareci para dizer um "oi...

. Há que trabalhar

. Quando se ama...

. Fóruns

. O Anel

. Os degraus

.arquivos

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

De Volta!

Pois é caros amigos, muito trabalhinho tem surgido. Mas vender que é bom nada...

Mas acho que estou a conseguir umas clientes.

Pediram-me para fazer uma encomenda e eu não exitei em dizer "não" porque essa pessoa sempre se ofereceu para me ajudar e eu retribui da mesma maneira.

Só espero que ela tenha gostado!


publicado por Dia Sao Valentim às 17:10

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Apareci para dizer um "oi"

Infelizmente não tenho vindo muito a este meu blog, com muita pena minha. Mas em compensação tenho trabalhado nos bordados como gosto e me faz sentir ocupada e preenchida, pelo menos durante o dia.

Não posso vir tantas vezes ao computador como gostaria, porque o meu pai passa o tempo todo nele a trabalhar... ai se fosse como antigamente, eu vinha dar um saltinho ao blog, mas agora é mais difícil .

Hoje vim com sorte! Até breve...

 


publicado por Dia Sao Valentim às 12:10

link do post | comentar | favorito

Sábado, 23 de Junho de 2007

Há que trabalhar

Depois de muitas coisas acontecerem, decidi por mãos à obra e  decidi trabalhar numa das coisas que gosto bem de fazer.

Uma das coisas que gosto de fazer é bordar e é isso que tenho feito à uns meses para cá.

Tenho bordado bastante mas vender o que faço... já é mais difícil, pois com esta crise financeira em que Portugal vive, é totalmente impossível vender qualquer coisinha que seja.

O blog é o www.pontoseideias.blogs.sapo.pt

Cada produto que tenho feito pretendo por as respectivas imagens, uma referencia e o respectivo preço a que ela corresponde.

Passem por lá e espreitem os produtos. A maioria são quadros, mas vale a pena verem-nos.


publicado por Dia Sao Valentim às 18:17

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 23 de Março de 2007

Quando se ama...

 

Amar é o dom e qualidade mais bonito que nos foi dado e adquirido. Por vezes não somos retribuídos e compreendidos, mas continuamos a amar. Amar cada vez mais, até que um dia, damos por nós e tudo não passou de um simples amadurecimento na nossa vida e na nossa personalidade!

 

 

Podemos viver os melhores sentimentos nesta altura, mas também os piores as vezes consoante as situações (o que não é o caso).

Apenas sei que estou a viver uma nova experiência da minha vida com muita maturidade; e isso é uma mais valia para mim. Porque das experiências anteriores, nao aconteceu nada disto... Pelo contrario, foi bem pior, quase posso dizer que "fui ao fundo do poço".

Só te tenho a agradecer por seres um GRANDE AMIGO como nenhum anterior foi comigo. Obrigado! Tal como a música diz "Because of You"...

sinto-me:
música: Promise Me by Beverly Craven

publicado por Dia Sao Valentim às 16:57

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Fóruns

Fóruns ?! Pergunto eu, o que serão eles?

Porque existem os fóruns se já temos os Chats , MSN , etc... Mas afinal o que são os fóruns e qual os seus primordiais objectivos?

Transmitirem mensagens, informações, ... Pois que sejam, mas se não for digam-me alguma coisinha!

sinto-me:
música: Blister in the Sun by Blunder

publicado por Dia Sao Valentim às 18:52

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007

O Anel

Um aluno chegou ao seu professor com um problema:

- Venho aqui, professor, porque sinto tão pouca coisa, que não tenho forças para fazer nada. Dizem que não sirvo para nada, que não faço nada direito, que sou um lento e um idiota. Como posso melhorar? O que posso fazer para me valorizarem mais?

O professor sem olhá-lo disse:

- Sinto muito meu jovem, mas agora não posso ajudá-lo, devo primeiro resolver o meu próprio problema. Talvez depois.

E fazendo uma pausa falou:

- Se tu me ajudares, eu posso resolver o meu problema com mais rapidez e depois talvez possa ajudar-te a resolver o teu.

- Claro, professor, gaguejou o jovem, mas sentiu-se outra vez desvalorizado.

O professor tirou um anel que usava no dedo pequeno, deu ao rapaz e disse:

- Monte o cavalo e vá até ao mercado. Deve vender este anel porque tenho que pagar uma dívida. É preciso que obtenha pelo anel o máximo possível, mas não aceita menos que uma moeda de ouro. Vai e volta com a moeda o mais rápido possível.

O rapaz pegou no anel e partiu.

Mal chegou ao mercado começou a oferecer o anel aos mercadores. Eles olharam com algum interesse, até quando o rapaz dizia o quanto pretendia pelo anel. Quando o rapaz mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saiam sem ao menos olhar para ele, mas só um velhinho foi amável a ponto de explicar que uma moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel. Tentando ajudar o rapaz, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma chávena de cobre, mas o rapaz seguia as instruções de não aceitar menos que uma moeda de ouro e recusava as ofertas. Depois de oferecer a jóia a todos que passavam pelo mercado e abatido pelo fracasso, montou o cavalo e voltou. O jovem desejou ter uma moeda de ouro para que ele mesmo pudesse comprar o anel, assim livrando-se da preocupação do seu professor e assim puder receber a sua ajuda e conselhos. Entrou em casa e disse:

- Professor, sinto muito, mas é impossível o que me pediu. Talvez pudesse conseguir 2 ou 3 moedas de prata, mas não acho que se possa enganar ninguém sobre o valor do anel.

 - Importante o que me disseste rapaz, contestou sorridente. Devemos primeiro saber o valor do anel. Volta a montar o cavalo e e vai até ao joalheiro. Quem melhor para saber o valor exacto do anel? Diz que queres vender o anel e pergunta quanto ele te dá por ele. Mas não importa o quanto ele te ofereça, não o vendas. Volta aqui com o meu anel.

O rapaz foi até ao joalheiro e deu-lhe o anel para examinar. O joalheiro examinou o anel com uma lupa, pesou o anel e disse:

- Diz ao teu professor que, se ele quer vender agora, não posso dar mais que 28 moedas de ouro pelo anel.

- 28 MOEDAS DE OURO! Exclamou o rapaz.

- Sim, replicou o joalheiro, eu sei que com o tempo poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente...

O rapaz correu emocionado a casa do professor para contar o que aconteceu.

- Senta-te, disse o professor. E depois de ouvir tudo que o rapaz lhe contou disse:

- Tu és como este anel, uma jóia valiosa e única. Só pode ser avaliada por um especialista. Pensavas que qualquer um podia descobrir o seu verdadeiro valor?

E dizendo isto voltou a colocar o anel no dedo.

Todos nós somos como esta jóia. Valiosos e únicos e andamos por todos os mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem.

Repensa no teu valor!

sinto-me:
música: All Night (Don't Stop) by Janet Jackson

publicado por Dia Sao Valentim às 14:23

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Os degraus

 

 

Cada degrau que subimos, é mais um obstáculo que ultrapassamos na nossa vida!

As vezes as dificuldades parecem ser obstáculos. Mas na realidade são desafios a ultrapassarmos...

sinto-me:

publicado por Dia Sao Valentim às 12:22

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.favorito

. Escolher os alimentos

.

. O pão engorda?

. ANATOMIA (parte63)...

. ANATOMIA (parte19)...

. ANATOMIA (parte18)...

. ANATOMIA (parte11)...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds